NOVIDADES

5 dicas de marketing para microempreendedores
27/01/2021

5 dicas de marketing para microempreendedores

Quando você pensa em marketing, sempre vem à cabeça algo muito caro, complicado e distante? Saiba que o marketing faz parte de qualquer empresa, mesmo se você for um microempreendedor.

Portanto, entender o que é o marketing e definir suas estratégias é fundamental pra você se comunicar com seu público e vender seu produto ou serviço.

Entendendo o que é marketing

Mas, antes de nos aprofundarmos nisso, precisamos esclarecer o que é marketing. Existem muitas definições para esse conceito e aqui vamos conhecer duas delas.

A primeira é apresentada pelo professor norte-americano Philip Kotler, conhecido como o Pai do Marketing. Veja o que ele diz:

“Marketing é o processo social por meio do qual pessoas e grupos de pessoas obtêm aquilo que necessitam e que desejam com a criação, a oferta e a livre negociação de produtos e serviços de valor com outros”.

Já a Associação Americana de Marketing define marketing como “o processo de planejamento e execução desde a concepção, preço, promoção e distribuição de ideias, mercadorias e serviços para criar trocas que satisfaçam os objetivos individuais e organizacionais”.

Ou seja, o marketing vai muito além de, simplesmente, divulgar e vender um produto ou serviço. Ele envolve muitas estratégias, como: determinar o preço de venda, a área de abrangência do seu negócio, seus diferenciais, a maneira como você atingirá seu público etc.

Então, o que posso fazer para melhorar o marketing do meu negócio?

Sabemos que os MEIs já desempenham inúmeras tarefas dentro do seu negócio e precisam dar conta de todas as áreas – muitas vezes, sozinhos.

Por isso, elaboramos aqui algumas dicas práticas de como você pode melhorar o marketing sem precisar fazer grandes investimentos ou depender de uma equipe profissional. Confira!

1 – Para começar, saiba quem é seu público

Antes de criar alguma estratégia com o objetivo de vender seu produto ou serviço, é importante que você tenha clareza de quem é o seu público, ou seja, quais clientes você quer atender.

Identifique situações como o gênero, faixa etária, renda média, localização, escolaridade, as preferências e hábitos do seu público. Sabendo isso, ficará mais fácil pensar em quais ações desenvolver para atingir aquelas pessoas.

Por exemplo, se você tem uma barbearia focada em homens mais jovens e modernos, pode pensar em um atendimento especializado e criar um ambiente com música, mesa de sinuca e outras opções que vão tornar um simples corte de cabelo uma verdadeira experiência, fazendo com que o cliente retorne mais vezes.

Entender seu público também é essencial pra você definir em quais canais divulgar seu produto ou serviço: vale a pena investir no rádio? Será que faço mais posts nas mídias sociais? Devo fazer um panfleto ou um cardápio digital? 

2 – Crie uma identidade

Uma identidade bem definida faz toda a diferença para o seu marketing. Isso envolve ter uma marca bonita, estar sempre bem uniformizado, ter um cartão de visita apresentável, saber se comunicar nas redes sociais, entre outros.

Manter um padrão em seu produto ou serviço também faz parte da sua identidade e ajuda a fidelizar clientes, pois eles sabem que sempre encontrarão a mesma qualidade ao comprar de você.

Considere, por exemplo, uma doceria. Aposto que você fica muito mais confiante em comprar nesse local se ele está limpo e organizado, se o atendente está vestindo uniforme e se os doces estão devidamente embalados, por exemplo.

3 – Utilize as mídias sociais

Se as mídias sociais já eram um importante canal de vendas e comunicação das empresas antes da pandemia, depois, elas se tornaram ainda mais relevantes.

Nossa dica é: pesquise e estude sobre como usar as mídias sociais a favor do seu negócio e passe a utilizar essas ferramentas no seu dia a dia – WhatsApp Business, Facebook, Instagram, Youtube, TikTok... Conhecendo seu público, você saberá em qual dessas mídias vale a pena estar presente e investir.

Microempreendedores que trabalham com delivery de comida, por exemplo, atraem muitos consumidores através das postagens nas mídias sociais. Uma das principais vantagens dessas ferramentas é que você pode engajar os clientes e criar promoções para divulgar o seu negócio sem gastar muito dinheiro. 

4 – Planeje suas ações de marketing

Para obter os resultados que você deseja, não tem jeito: você precisará tirar algumas horas para sentar e planejar um cronograma de ações.

A dica é que você faça um arquivo com tudo o que pretende postar durante o mês – imagens, legendas, vídeos etc. – e defina os dias e horários das publicações. Com tudo organizado, será mais simples acompanhar e mensurar os resultados ao final do mês.

Lembre-se de que, além de postar, você precisa interagir com seu público, responder a mensagens, curtir comentários, enfim, estar atento para prestar um bom atendimento e satisfazer os clientes no meio digital também.

5 – Faça parcerias com outros MEIs

Você tem uma loja de roupas e precisa de uma força para divulgar seus produtos e aumentar as vendas, mas não tem muito dinheiro para investir? Que tal chamar outro MEI que tenha um salão de beleza para ajudar na produção e fazer parceria com um fotógrafo para clicar os looks?

Essa é uma forma de unir o trabalho de diversos profissionais, onde todos possam divulgar sua marca, sem gastar muito. Além disso, fazendo parcerias, você pode alcançar outros clientes, ampliar sua área de atuação e ainda apoiar o trabalho de outro microempreendedor.

E aí, já conseguiu identificar quem são seus parceiros e de que forma vocês podem trabalhar juntos?

Esperamos que essas dicas de marketing tenham sido úteis pra você! Se precisar de um apoio para investir, conte sempre com a Credisol – A gente acredita no microempreendedor.