NOVIDADES

COMO CONTRATAR UMA BOA MÃO DE OBRA PARA REFORMAR OU AMPLIAR A MORADIA
22/06/2017

COMO CONTRATAR UMA BOA MÃO DE OBRA PARA REFORMAR OU AMPLIAR A MORADIA

Quando pensamos em uma reforma ou ampliação de casa, a primeira coisa que nos vem em mente é a dúvida: como encontrar uma boa mão de obra? Isso porque essa é uma das partes mais importantes do processo, afinal, se errarmos nessa escolha, toda a reforma se torna um problema.

LEIA MAIS: SAIBA COMO EVITAR DORES DE CABEÇA DURANTE A REFORMA

Por isso, é preciso ter um plano de ação, entendendo quais são os cuidados necessários e, principalmente, os pré-requisitos que o contratado deve cumprir. Separamos neste artigo, dicas para que esse processo seja mais rápido e fácil. Confira:

- Faça um contrato: esse é o primeiro passo para evitar problemas com mão de obra. Um contrato bem feito desestimula aquele profissionais menos qualificados, que desejam fazer um serviço com pouca qualidade. Além disso, ele irá garantir que você não vai perder dinheiro no meio do caminho. Faça os responsáveis lerem e assinarem, para que tenham certeza que estão cientes do que precisam fazer.

Mas, lembre-se: o contrato não é garantia de que não haverá despesas extras na construção. Isso porque uma reforma sempre pode trazer algum imprevisto. Em contrapartida, ele irá impedir que a obra seja parada na metade ou que o prazo se estenda de forma abusiva.

- Conheça o profissional: uma boa dica é fazer uma entrevista para conhecer bem o mestre de obras com quem irá ter contato por um período relativamente longo. Isso é importante para saber se ele está aberto à indicações e se vocês se darão bem.

Outro ponto importante é checar as referências, seja com amigos, vizinhos e outros clientes desse profissional. Alguns disponibilizam esse material na internet, porém, ainda é mais comum que a indicação seja boca a boca. Pergunte para o último cliente se ele se deparou com problemas e, se a resposta for sim, se eles foram solucionados com eficácia.

- Fique por dentro da obra: não adianta aparecer na obra uma vez no mês, é preciso um acompanhamento semanal. Vá pelo menos duas vezes na semana ao local de reforma e peça para que o profissional avise sempre que concluir uma etapa. Assim, fica mais fácil corrigir os erros que forem encontrados, evitando dores de cabeça no futuro.

Além disso, é essencial que o cliente seja claro quanto ao que deseja. Se não houver o auxílio de um arquiteto, por exemplo, as especificações precisam ser ainda mais precisas, para que o pedreiro possa executar o serviço da forma esperada. Esse cuidado evita o desperdício de material, que é uma das reclamações mais frequentes relacionadas ao assunto.

- Compra de materiais: materiais relacionados à construção civil são caros e os desperdícios custam muito dinheiro. A dica aqui é comprar a cada etapa e o ideal é que sejam feitos estudos detalhados, para que não aconteça dos profissionais ficarem sem ter o que fazer na obra devido à falta de recursos.

Uma boa alternativa é sentar com os responsáveis e, juntos, poderem verificar quanto será necessário para concluir uma etapa. Converse também sobre o desperdício e seja claro sobre os adicionais nesses casos.

- Faça o pagamento de forma parcelada: muita gente acaba realizando o pagamento aos profissionais logo no início da obra, o que faz com que muitos deles abandonem ou demorem mais do que deveriam para concluí-la. É claro que nem todos são assim e o contrato irá ajudar a evitar esses casos. Porém, a melhor alternativa ainda é fazer o pagamento em parcelas ou em cada etapa concluída. Assim, fica mais fácil cobrar resultados e evitar perdas.

- Saiba elogiar: ninguém gosta de trabalhar sendo criticado o tempo todo. O pedreiro está na obra para ajudar e precisa receber incentivos quando algo sair do jeito correto. Saiba fazer os elogios e as críticas de forma a não se tornar uma pessoa desagradável. Quando estiver satisfeito com o progresso, diga isso ao responsável pela obra para que ele se sinta motivado a continuar trabalhando no seu melhor.

Fechar
ATENÇÃO: Não solicitamos nenhum tipo de depósito antecipado para liberação ou análise do crédito. Aqui você será atendido pessoalmente por um Agente de Crédito.