NOVIDADES

7 DICAS PARA POUPAR DINHEIRO NA CONSTRUÇÃO
05/07/2017

7 DICAS PARA POUPAR DINHEIRO NA CONSTRUÇÃO

Na hora de realizar uma construção ou começar uma reforma, qualquer economia é bem-vinda. Afinal, muitas vezes o orçamento é apertado e imprevistos podem acontecer, fazendo com que seja preciso gastar mais para conseguir finalizar a obra. Pensando nisso, separamos oito dicas para você poupar dinheiro na obra. Vamos conferir?

LEIA MAIS: COMO CONTRATAR UMA BOA MÃO DE OBRA PARA REFORMAR OU AMPLIAR A MORADIA 

#1. Fique por dentro do projeto e pergunte tudo relacionado à ele: seja para uma reforma simples ou até mesmo uma ampliação de moradia, a dica é ficar atento ao projeto e fazer perguntas ao responsável. Veja se algo pode ser modificado ou até mesmo simplificado, para ajudar na economia.

#2. Pesquise em diferentes locais para compra de material: faça orçamentos em várias lojas para encontrar o melhor preço. Uma boa dica é comprar tudo que será necessário de uma vez e pedir para serem feitas entregas ao longo da obra.

#3. Seja flexível quanto ao acabamento: muita gente tenta buscar os acabamentos mais caros, pensando que eles são os melhores. Mas, não é necessariamente assim. Existem opções mais baratas e tão boas quanto. A dica é ser flexível e pesquisar bastante.

#4. Pense em economizar no futuro: quando for escolher os itens da sua nova casa, a dica é procurar por tudo aquilo que vá ajudar na economia no futuro, como as lâmpadas, por exemplo, que ajudam a reduzir a conta de energia. Investir em equipamentos que trarão melhor custo-benefício pode ser uma boa saída a longo prazo.

#5. Faça entrevistas com pedreiros e mestres de obra: a boa escolha de profissionais irá resultar em menos gastos de materiais, afinal, eles saberão usar ao máximo os recursos que têm. Procure acompanhar cada etapa e verifique como anda o uso da matéria-prima. Muitas pessoas acabam gastando demais devido ao excesso de desperdício. Atente-se a isso.

#6. Não se empolgue com a obra: quando começamos uma reforma, tendemos a querer acrescentar mais coisas para fazer porque achamos que isso reduzirá os custos no futuro. Na verdade, a regra é "quanto maior, mais caro". Ou seja, evite introduzir novas mudanças ao projeto sem necessidade e foque naquilo que realmente é preciso. Se a reforma envolve o banheiro, não a amplie para a lavanderia a menos que tenha reservas para isso. A dica é fazer uma etapa de cada vez e rever o orçamento ao fim de cada uma delas.

#7. Tente ter um projeto especializado: se o orçamento não permite que um arquiteto fique responsável pela obra, ao menos solicite um projeto a ser seguido. Alguns técnicos podem fazer isso com um custo menor e esse cuidado irá ajudar a manter o cronograma e evitar problemas futuros. Essa é uma ótima forma de investimento que resultará em economia de dinheiro ao longo do tempo.

Lembre-se: Reformas exigem paciência e planejamento. Porém, a ideia de ter sua casa novinha e restaurada traz o ânimo necessário para enfrentar as adversidades. Com disciplina, foco e boas escolhas, a obra tem tudo para ter o melhor resultado possível. ;)

Fechar
ATENÇÃO: Não solicitamos nenhum tipo de depósito antecipado para liberação ou análise do crédito. Aqui você será atendido pessoalmente por um Agente de Crédito.