NOVIDADES

INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS COMEMORAM RETOMADA DAS POLÍTICAS DE MICROCRÉDITO NO RS
15/07/2019

INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS COMEMORAM RETOMADA DAS POLÍTICAS DE MICROCRÉDITO NO RS

Foi com alegria explícita, estampada no rosto, que representantes de cooperativas de crédito e instituições de microfinanças e microcrédito participaram nesta última quarta-feira (10) da apresentação do programa RS Fomento Financeiro, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado – SEDETUR. “É uma satisfação saber que o governo está retomando o incentivo ao microcrédito depois de anos de abandono no Rio Grande do Sul”, afirmou o diretor comercial da Cresol Sicoper, Cláudio Risson, destacando a necessidade de políticas públicas para o setor que tenham continuidade e não dependam dos interesses de cada gestão.

Pois é esse um dos principais objetivos da proposta apresentada hoje pela SEDETUR. “Queremos construir em conjunto com as instituições um programa perene, que possa perpetuar uma política diferenciada para este segmento tão importante da economia”, ressaltou a diretora do Departamento de Apoio à Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, Elisangela Fernandes. Segundo ela, a retomada do programa de microcrédito só foi possível devido ao esforço da atual gestão para quitar uma dívida de R$ 2,9 milhões de reais do estado com as instituições financeiras que se arrastava desde 2013. “Isso demonstra a importância do setor para este governo e o nosso comprometimento com o fomento ao microcrédito”, afirmou ela.

 

 

Para o gerente de expansão da cooperativa de crédito Sicoob, Marcio Kunrath, a iniciativa do governo gaúcho vem na hora certa. A instituição paranaense está iniciando as operações no Rio Grande do Sul, onde inaugura as primeiras agências em agosto, na região metropolitana. Ele acredita que o programa vai abrir portas e ajudar a pular etapas na construção do novo mercado. “Estamos voltando para casa. O Rio Grande do Sul é o berço do cooperativismo de crédito no país e fomos nós que desenvolvemos este setor no Paraná e Santa Catarina”, celebra Márcio que, apesar de representar uma cooperativa paranaense, tem orgulho de afirmar sua origem gaúcha.

Durante a reunião, o gerente do RS Fomento Financeiro, Jorge Imperatore, destacou a necessidade de dar sustentabilidade às instituições e ao sistema de microcrédito no estado. Ele ressaltou a importância do programa como política de transformação social. “É lá na ponta da cadeia, quando o cidadão e o pequeno empreendedor pegam recursos, que o microcrédito faz realmente a diferença,” afirmou. Segundo Imperatore, o encontro de hoje definiu como prioridades para a formatação do programa a constituição de um fundo garantidor para as operações de crédito, a definição da origem dos recursos de funding para os financiamentos e a capacitação dos agentes operadores das empresas de microcrédito.

 

 

Participaram do encontro na SEDETUR representantes do Banco da Família, Casa do Microcrédito, Credisol, Cresol, Imembuí Microfinanças, Instituição Comunitária de Crédito da Serra, Instituição Comunitária de Crédito do Médio e Alto Uruguai e Região Celeiro, Instituição Comunitária de Crédito Portosol, Instituto Frederico Markus, Perspectiva Microfinanças, Sicoob e Sicredi.

Fonte texto: sedetur.rs.gov.br

 

 

Fechar
ATENÇÃO: Não solicitamos nenhum tipo de depósito antecipado para liberação ou análise do crédito. Aqui você será atendido pessoalmente por um Agente de Crédito.